Navigation

Tudo está em constante movimento, isso significa vida. O movimento de uma espiral vitaliza a célula única que marca o início da vida humana. À medida que evoluímos trocamos, constantemente, energia com o cosmo, essa energia funciona como um alimento a medida que passa através de nós, nutrindo e criando o movimento interno e externo da vida. A expressão natural deste intercâmbio representa a saúde. O intercâmbio de energia é aumentado pelo movimento, o movimento perfeito do corpo é uma extensão do interior para o exterior, enquanto recebe estímulos que movem do exterior para o interior.

Este fluxo natural de energia é garantia de boa saúde, o alimento energético que se tira da atmosfera e aquilo que não tem uso ou está em excesso no corpo são expelidos. É o instinto natural dos sistemas celulares a agir como pequenos centrífugos de energia, apresentando à superfície tudo quanto expressa a natureza interior da célula.

O instinto desse movimento é conservado intacto pelas funções cerebrais, respiração, alimento e exercícios físicos. Se ocorre qualquer deterioração na qualidade de qualquer um destes quatro itens, o tipo de energia centrífuga-centrípeda das células também se deteriora. Quando a deterioração continua, todo o sistema fisiológico do corpo pode, e realmente acontece, decompor-se – resultando na doença ou na morte.